Mercado de TV paga registra desaceleração em setembro

O mercado de TV por assinatura chegou ao mês de setembro com 17,4 milhões de assinantes, contra 17,33 milhões em agosto. A expansão líquida do setor no mês de setembro, de pouco mais de 76 mil novos clientes, é a menor em muitos anos, considerando meses sem fatores atípicos. Em abril (quando houve perda de base) e maio, a expansão foi menor, mas ali pesava um forte ajuste de base da Sky. Em comparação com o mês de agosto, foram quase 100 mil clientes a menos adicionados à base. Com isso, a expansão acumulada em 12 meses caiu para 13%, e está no patamar de 2 milhões de clientes líquidos ao ano.

A Net Serviços é a operadora que tem conseguido manter o ritmo mais constante de crescimento no ano, mas teve uma desaceleração no mês de setembro e cresceu cerca de 20 mil clientes (metade do que vinha crescendo), chegando a uma base de 5,73 milhões de assinantes. A Claro TV foi a que cresceu em ritmo mais forte em setembro (quase 44 mil clientes), totalizando quase 3,5 milhões de clientes. A Oi TV, que vinha desacelerando, perdeu base em setembro, voltando a 911 mil assinantes (contra quase 920 mil em agosto). A Telefônica/Vivo cresceu pouco mais de 13 mil assinantes e chegou a 553 mil clientes. A GVT também cresceu cerca de 22 mil clientes, chegando a 587 mil assinantes. E a Sky, que aparentava ter retomado o ritmo em agosto, praticamente não cresceu em setembro e ficou estacionada nos 5,25 milhões de clientes.

Uma mudança importante foi o crescimento da Blue, que chegou a setembro com 157 mil clientes, um crescimento de quase 40 mil, mas que veio, em grande parte, da incorporação das operadoras Minas Cabo e Brasil Telecomunicações, em Minas, recentemente adquiridas pela Blue. A Algar Telecom também ficou estável no mês, com 128 mil clientes. Outras operadoras perderam base, para 587 mil clientes, mas parte dessa perda está no crescimento da Blue.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.