RBS TV se preocupa com espectro para transmissão da Copa do Mundo

A RBS TV, rede de televisão do Sul do País, mostrou preocupação com o espectro disponível para a transmissão de conteúdo durante a Copa do Mundo de 2014. “Espectro é o insumo básico da transmissão dos jogos na TV”, repetiu diversas vezes o diretor de tecnologia da emissora, Carlos Fini, nesta quarta-feira, 04, na Conferência Latino-americana de Espectro 2013, em São Paulo.

O executivo acredita que o problema não está na transmissão dos jogos em si, mas nos fatos que ocorrem paralelamente ao grande evento, que podem ficar desfalcados. “Queria deixar uma impressão de tranquilidade em relação à transmissão da Copa, porque existe uma gestão funcional de frequências e existem frequências disponíveis para a Copa do Mundo. Minha preocupação é com os eventos paralelos que não são associados ao evento esportivo, principalmente na área de jornalismo, que não têm previsibilidade”, afirma.

Fini também comentou que o grupo de televisão está começando negociações com a Anatel para discutir como ter frequências sem interferências. O secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão, comentou que a Anatel está discutindo internamente sobre as faixas de frequência que serão disponibilizadas para a Copa do Mundo e que a agência está levando em conta as considerações sobre interferências. O secretário também disse que a Anatel deve abrir para consulta pública o sistema de uso temporário dos Serviços Auxiliares de Radiodifusão e Correlatos (SARC), que deverá migrar para a Internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.