OUTROS DESTAQUES
TV por assinatura
Serviço cresce 31,4% em um ano; base em agosto foi de 11,6 milhões de domicílios
segunda-feira, 26 de setembro de 2011 , 16h17 | POR REDAÇÃO

A base de assinantes do serviço de TV paga cresceu 19% nos oito primeiros meses do ano e 31,4% no período de 12 meses até o final de agosto. Segundo balanço da Anatel, no mês de agosto o setor angariou 334,6 mil novos assinantes, alcançando 11,6 milhões de domicílios. Com uma evolução de 2,96% em relação à base de assinantes do mês de julho, o crescimento alcançado em agosto é o maior neste mês nos últimos cinco anos. Considerando-se o número médio de pessoas por domicílio divulgado pelo IBGE (3,3 pessoas), os serviços de TV por assinatura alcançaram mais de 38,3 milhões de brasileiros.

A penetração do serviço por satélite voltou a acelerar em agosto, apresentando crescimento de 5%, contra um crescimento de 2,6% registrado no mês anterior. Com isso, o share do DTH no serviço de TV é de 52% da base e a participação dos serviços a cabo representa 45,7% dos assinantes.

Regional

Até o final de agosto, o serviço de TV chegou a 19,4% dos domicílios brasileiros. A região Sudeste apresentou a maior densidade, chegando a 28,5% de domicílios. Na sequência, vêm as regiões Sul, com 18,4%; Centro-Oeste, com 15,8%; Norte, com 10,4%, e Nordeste, com 8,1%.

Crescimento

No dia 6 de outubro, durante o Congresso Latino-Americano de Satélites (evento organizado pela Converge com apoio das revistas TELETIME e Tela Viva), Renato Meirelles, presidente do Instituto Data Popular falará sobre o potencial de crescimento da classe C e os limites para a expansão dos serviços de DTH nessa faixa de renda. O evento discute ainda as políticas para o segmento satelital, as demandas atuais e futuras do mercado de satélite, os serviços que demandarão maior capacidade e a estratégia dos grandes grupos operadores. O encontro acontece dias 6 e 7 de outubro, no Rio de Janeiro. Mais informações pelo site www.teletime.com.br/eventos ou pelo telefone 0800 71 5028.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top