OUTROS DESTAQUES
Políticas públicas
PPA 2012-2015 traz investimentos em redes, satélites, conteúdos e TV pública
quinta-feira, 01 de setembro de 2011 , 15h31 | POR SAMUEL POSSEBON

As metas do Plano Pluri-Anual 2012-2015 anunciado pelo governo para a área de comunicações prevêem uma série de investimentos que contemplam não apenas infraestrutura de redes como também investimentos em conteúdos. A parte de infraestrutura está em linha com o que o ministro Paulo Bernardo, das Comunicações, já havia adiantado: cerca de R$ 10 bilhões, sendo a maior parte para a rede de banda larga (R$ 7 bilhões), satélites (R$ 716 milhões) e cidades digitais (R$ 1,2 bilhão). Mas há ainda investimentos em projetos de conteúdos e aplicações (R$ 270 milhões), canais públicos de TV (R$ 652 milhões) e o operador nacional de TV pública (R$ 2,8 bilhões). Confira os detalhes das medidas de investimentos projetadas pelo governo no chamado Plano Mais Brasil:
* Implantação da Infraestrutura da Rede Nacional de Banda Larga – Custo Total: R$ 7.142.000.000 – Data Início: 01/01/2012 – Data Término: 31/12/2015
* Lançamento de satélite para comunicações – Custo Total: R$ 716.000.000 – Data Início: 01/01/2012 – Data Término: 31/12/2015
* Apoio a projetos de conteúdos e aplicações – Custo Total: R$ 270.500.000 – Data Início: 02/01/2012 – Data Término: 31/12/2016
* Implantação de Cidades Digitais – Custo Total: R$ 1.200.000.000 – Data Início: 02/01/2012 – Data Término: 31/12/2016
* Implantação dos canais públicos de TV Digital – Custo Total: R$ 652.000.000 – Data Início:
 01/01/2011 – Data Término: 31/12/2015
* Implantar o Sistema Operador da Rede Nacional de Televisão Pública Digital: Custo Total: R$ 2.800.000.000 – Data Início: 01/01/2010 – Data Término: 31/12/2016

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top