OUTROS DESTAQUES
Convergência
Cord-cutting começa a impactar significativamente operadoras
sexta-feira, 19 de agosto de 2011 , 18h48 | POR RAPID TV

Apesar da insistência das operadoras de TV em afirmar que o corte do serviço de TV por assinatura não é uma ameaça real, novas pesquisas sugerem que a perda de assinantes para serviços de streaming de vídeo é realmente um problema significativo. Aproximadamente 5% dos domicílios dos EUA cancelaram o serviço de TV, buscando alternativas para pagar pelo conteúdo, de acordo com uma pesquisa realizada pela Centris. Aproximadamente 0,8% do cord-cutting foi feito alegando desinteresse pelo conteúdo, mas a maioria foi impulsionada por fatores econômicos.
Aproximadamente 5% dos domicílios com acesso à Internet usam apenas serviços over-the-top (OTT) para suprir suas demandas por conteúdo. Um campo de batalha entre os serviços tradicionais e emergentes é o que Centris chama de consumo mútuo. Aproximadamente 56% das famílias estão usando uma combinação de TV por assinatura tradicional e Internet (por PC ou outros dispositivos) para ver vídeo.
A Centris vê isso como uma mudança significativa de mercado em curso, impulsionada pela disponibilidade de mais velocidade de banda, bem como novas tecnologias de acesso, como tablets e smartphones.
O que resta aos operadores? "A mudança tecnológica sempre traz concorrentes com novas opções de distribuição, bem como oportunidades de redução de custo", disse William Beaumont, presidente da Centris. "As iniciativas perseguidas pelos principais agentes de mercado visam integrar a cadeia de valor do provedor de conteúdo e do distribuidor com a de seus clientes. A intenção é fornecer uma melhor experiência ao cliente e criar uma vantagem competitiva."
As informações para o relatório foram recolhidas a partir da segunda pesquisa Centris trimestral sobre o mercado de vídeo em evolução, parte de um estudo de acompanhamento em curso.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top