OUTROS DESTAQUES
Estratégia
Nokia quer operadoras como parceiras para chegar a verticais
terça-feira, 03 de outubro de 2017 , 20h23

A estratégia da Nokia para a América Latina é de fortalecer os laços com as operadoras, mas também aproveitá-las para chegar a novas verticais na transformação digital. Esse foi o posicionamento do vice-presidente da fornecedora para a região, Osvaldo Di Campli, em visita ao Brasil durante a Futurecom nesta terça-feira, 3. Ele considera que os grandes focos são em saúde, energia, transporte, comunicação e produção. "Vamos alavancar operadoras e usá-las como parceiras para tratar dessas verticais", destacou.

Com isso a companhia pretende entender o caso de uso da vertical. No entendimento do executivo, é uma parceria ganha-ganha. Ele cita parcerias com a AT&T para smart grids e com a América Móvil para carros autônomos.

Assim, a companhia ressalta que não deixará de atuar no setor de telecomunicações. A empresa comemora a implantação da faixa de 700 MHz no Brasil, além de melhorias nas redes óticas da Vivo, Oi e Claro Brasil. Com esta última, é parceira para a implantação da tecnologia LTE-Advanced Pro (chamada comercialmente de 4,5G). Além disso, diz Di Campli, Nokia e Telefônica estão trabalhando em uma solução conjunta. O executivo não quis adiantar a natureza do acordo, mas lembra que anunciou em maio uma parceria com a operadora para atender ao ambiente empresarial na nuvem, indicando que pode ser uma nova iniciativa. "Fechamos negócio com eles e vamos tornar público nos próximos dias", declara.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top