Publicidade
Início Newsletter Vivo registra 97 milhões de acessos em ecossistema digital no segundo trimestre

Vivo registra 97 milhões de acessos em ecossistema digital no segundo trimestre

[Publicado no Mobile Time] A Vivo terminou o segundo trimestre de 2021 com 97 milhões de acessos em seu ecossistema digital que engloba serviços financeiros, saúde, casa conectada, entretenimento e marketplace, além dos canais digitais. Apenas a plataforma de atendimento Meu Vivo somou 19 milhões de usuários únicos no período e colabora para o incremento das vendas respondendo por:

  • 50% de vendas de apps de terceiros;
  • 40% do tráfego do marketplace Shopping Vivo;
  • incremento de 50% das vendas digitais e de planos pós-pago no móvel;
  • aumento de 28% nas receitas de recargas digitais;
  • crescimento de 119% na base de clientes do Vivo Easy (pré-pago);
  • 18,6% de aumento em adições líquidas nos planos de fibra ótica (FTTH).

De acordo com Christian Gebara, CEO da operadora, a combinação de todos os serviços do ecossistema digital permitirá um crescimento da receita média por usuários (ARPU) e redução da saída dos consumidores (churn). Em conferência com analistas de mercado nesta quarta-feira, 28, o executivo afirmou que esses ativos e atributos digitais oferecidos aos clientes demonstram que a companhia não compete com outras operadoras, mas com players que querem ser um ecossistema digital.

Notícias relacionadas

“Hoje, nós não vemos nenhuma companhia como a Vivo, com alto número de acessos, lojas, capacidade online, força da marca, usuários engajados nos canais digitais, capacidade em big data e plataforma de serviços e que tem um portal [o Terra] que ajuda a manter nossos usuários mais conectados em nossa plataforma”, afirmou.

Aquisição do usuário

Gebara disse que a estratégia de ecossistema digital da Vivo está focada em colocar o consumidor no centro, manter a recorrência deles em pagamentos e aumentar o engajamento na plataforma, ajudando a manter baixo o custo de aquisição do consumidor (CAC).

“Seremos capazes de trazer os consumidores com baixo CAC, pois teremos custos marginais. Vamos vender os nossos serviços e de terceiros e, com isso, vamos aumentar o ARPU e reduzir o churn”, disse o CEO.

Importante lembrar que a próxima vertical no ecossistema digital que a Vivo criará será em educação. Gebara afirmou que terá novidades em breve, porém, não informou a data ou nome de futuros parceiros. A operadora já confirmou anteriormente ao Mobile Time que será um marketplace.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile