Para Arris, mesmo com Capex "desafiador" das operadoras, Brasil segue sendo aposta na América Latina

A crise econômica e seu impacto nas operadoras de TV e dados no Brasil são um desafio para os fornecedores de tecnologia. Segundo o vice-presidente sênior de vendas da Arris para região do Caribe e América Latina, German Iaryczower, a empresa segue apostando no Brasil e tem expectativa de que o potencial de crescimento da base de TV paga e banda larga se concretize em algum momento. "Há muito espaço de crescimento para as operadoras no Brasil e por isso segue sendo um mercado importante para nós", disse o executivo a este noticiário. "O Capex dos clientes é desafiador nesse momento, mas estamos trabalhando muito próximos a eles e vendo como investir de forma sábia e estar pronto para o futuro", diz Iaryczower.

Para Dan Whalen, presidente de redes e serviços de rede da Arris, com os serviços OTT e o aumento de tráfego em vídeo nas redes estão levando a uma demanda muito por banda significativamente maior. O desafio nesse momento é permitir a oferta de bandas mais largas, sem necessidade de substituição ou mesmo duplicação de toda a infraestrutura de rede. "Há mudanças na arquitetura para atender a demanda por vídeo nas redes que são competitivas e permitem entregar uma qualidade melhor imediatamente, com tecnologias como DOCSIS 3.1", exemplifica. Outra medida é instalar "smart nodes" próximos a conjuntos de casas ou mesmo dentro de edifícios residenciais, permitindo entregar o serviço de 1 Gigabit por segundo e atender à grande demanda por mais dispositivos conectados na rede. "Nosso trabalho é ajudar o operador a entregar maior capacidade aproveitando ao máximo a infraestrutura instalada", diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.