Publicidade
Início Newsletter Oi Móvel volta à pauta da Anatel nesta segunda, dia 31; entenda...

Oi Móvel volta à pauta da Anatel nesta segunda, dia 31; entenda os bastidores

O processo de venda da Oi Móvel mal foi adiado por pedido de vista nesta sexta, 28, e já vai voltar à pauta no dia 31 de janeiro, segunda. A convocação de uma nova extraordinária foi assinada pelo presidente substituto da Anatel, Emmanoel Campelo, às 13:05, apenas algumas horas depois da conclusão da primeira reunião extraordinária.

Os pedidos de reuniões extraordinárias para discutir processos específicos em geral partem do vistante, mas nesse caso, segundo apurou este noticiário, Emmanoel Campelo se antecipou ao fazer a convocação. Vicente Aquino estava disposto a analisar o caso em um final de semana e devolvê-lo à pauta no começo da semana. E havia a expectativa de que Vicente Aquino ainda trouxesse o caso da V.tal, uma vez que ele mesmo havia anunciado a intenção de analisar as duas questões em conjunto. No entanto, o clima no conselho da Anatel não está dos melhores, e não se sabe ao certo se Aquino apresentará seu voto ou pedirá mais prazo. 

Dentro da Anatel, existe a preocupação de que deixar a votação para fevereiro pode criar outros problemas: a Oi teria que esperar até o final do mês para concluir a venda, por conta dos prazos de auditoria de balanço, e isso jogaria o fechamento da operação para março, quando termina o prazo da Recuperação Judicial. Sem falar na pressão de caixa sobre a operadora.

Notícias relacionadas

O pedido de Campelo, que pode ser conferido na íntegra clicando aqui, confirma essa preocupação com o prazo. O conselheiro justifica a urgência na deliberação por conta do “possível encerramento, em março do corrente ano, do processo de recuperação judicial do Grupo Oi”. 

Como última variável, não se sabe se Emmanoel Campelo ainda será o presidente da Anatel na segunda, já que há a expectativa de publicação de uma nova lista de superintendentes substitutos por meio de decreto presidencial ainda nesta sexta, 28. Com isso, na segunda-feira a agência poderia já estar sob a presidência provisória de Wilson Diniz Wellisch, superintendente de fiscalização e o primeiro da lista de substituições para ocupar a vaga aberta do presidente da autarquia.

4 COMENTÁRIOS

  1. Fantástico esse pedido de vistas do processo, risível parece muito essa medida de votação Colegiada onde a procrastinacao pode ter 2 motivos:
    1) falta de zelo e eficiência do servidor público, preguiça mesmo.
    2) esperar, dar tempo, afinal o assunto tem muito tempo e já é plenamente conhecido por todos os votantes, a medida pode ser dar tempo da mala chegar como incentivo.

    Nesse caso específico aquele que pediu vistas pode escolher o chapéu que quer colocar. O restante dos que votariam também poderiam ter votado, qual o impedimento? Ou será que um a um haverá pedido de vistas.
    Resumindo, deplorável também atitude.

  2. O Sr. Vicente de Aquino, só quis ter o seu momento de fama e, com isso, não teve noção dos reflexos negativos em seu pedido se vistas.

  3. Pelo amor Deus vende a oi pra qualquer operadora menos pra claro e uma operadora horrível até o atendimento minha operadora era a Nextel e a Nextel e claro nossa missericordia ficou horrível e o atendimento da claro em nada e bom o sinal e péssimo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile