TIM precisa provar que briga entre sócios impediu antecipação de metas

Para que possa entrar em operação até o final março, como já anunciou, a TIM Brasil precisa convencer a Anatel de que foi uma briga entre os sócios (leia-se Telecom Italia e Opportunity) que impediu que a Brasil Telecom antecipasse suas metas de universalização. Segundo o vice-presidente da Anatel, Antônio Carlos Valente, a agência parte da premissa de que os interesses públicos estão acima dos interesses privados. "Mas cabe à TIM abrir o processo e comprovar os fatos. Porque se houver algum indício de que os sócios de comum acordo resolveram não antecipar as metas confiando que a agência daria a licença sem que a Brasil Telecom gastasse com isso, não ficará comprovada a interferência do interesse privado sobre o público e, portanto, a TIM fica sem poder operar até que as metas da Brasil Telecom sejam antecipadas", explicou Valente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.