BrT adquire edital das sobras do SMP

A Brasil Telecom (BrT) aparece entre as sete compradoras do edital da licitação das sobras das bandas D e E, do Serviço Móvel Pessoal (SMP). A empresa não informa ainda se pretende realmente explorar o novo serviço, nem quais seriam as áreas de seu interesse. Mas, no ano passado, quando ainda investia na antecipação de metas de universalização, chegou a manifestar o desejo de explorar a telefonia móvel em sinergia com sua operação fixa, em nove Estados do Centro-Oeste, Sul e Norte. A empresa está impedida de controlar qualquer outra operação enquanto não cumprir as metas. Pode, contudo, deter até 19,9% do capital. Por conta da não antecipação, a Telecom Italia (sócia da BrT), também está impedida de iniciar suas operações de SMP. A menos que a Anatel ache uma solução jurídica. Além da BrT, também compraram o edital a TNL Participações (Telemar), a TCO Participações, Telemig Celular, Carvalho de Freitas Advogados Associados, WXYZ Holdings e Guadalupe Participações. A entrega das propostas está marcada para o próximo dia 5/3 e o leilão para o dia 12/3.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.