Publicidade
Início Teletime SP Trans estuda usar pagamento por celular nos ônibus de SP

SP Trans estuda usar pagamento por celular nos ônibus de SP

A São Paulo Transportes (SP Trans), estatal que gerencia  os ônibus na cidade de São Paulo, pretende desenvolver um sistema de pagamentos eletrônios multiplataforma, que pode aceitar transações via celular. O serviço, uma aprimoração do atual ‘Bilhete Único’, em funcionamento há oito anos na cidade, atenderia de imediato aos 33 milhões de usuários de cartões pré-pagos no sistema de transporte paulistano.

Notícias relacionadas
Para desenvolver o novo meio de pagamento, a SP Trans iniciou no último dia 5 uma consulta pública, que dará origem ao edital da licitação que contratará  as empresas que programarão o sistema. “Queremos uma tecnologia moderna, pois a atual é dos anos 90. Agora queremos uma plataforma aberta, afinal, temos uma série de demandas, inclusive de uso do celular para pagamentos, e vai ter quem ainda prefira utilizar o cartão convencional”, alerta o superintendente de atendimento e comercialização da SP Trans, José Aécio de Sousa.

Segundo ele, o desenvolvimento da nova ferramenta de cobrança dos ônibus paulistanos será feito em conjunto entre o órgão da prefeitura e as empresas contratadas. O projeto inicial prevê que quem vencer a licitação terá que administrar o sistema atual por dois anos, prazo estipulado para a implantação da nova tecnologia. Após essa etapa, a empresa ficará responsável pela manutenção e administração do sistema.

Para o próximo dia 30 está prevista a divulgação da minuta para a consulta pública e o edital de licitação deve ser publicado em meados de fevereiro. No entanto, a SP Trans já aceita contribuições de empresas de pagamentos eletrônicos e tecnologia. “Queremos a participação das empresas de NFC (Near Field Communications), porque a plataforma terá essa funcionalidade, mas não será toda baseada nisto”, declarou o dirigente a este noticiário durante evento da GSMA, em São Paulo.

Contrato

De acordo com José Aécio de Souza, um dos motivos para a nova licitação é o termino do contrato entre a SP Trans e a UOLDiveo, empresa do grupo UOL responsável pelo serviço de data center para Bilhete Único.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile