Teledensidade cresce nas classes C e D

A teledensidade do Estado de São Paulo cresceu cinco pontos, passando de 23 linhas por cem habitantes em setembro de 1999 para 28,6 telefones em setembro de 2000. Conforme informação da Telefônica, os serviços de telefonia estão presentes em 68% dos domicílios do Estado. Também a digitalização da rede aumentou, passando de 85,6% para 92,7%. Dados da operadora demonstram que as linhas telefônicas chegam a 66% na classe C (35% em 1998) e a 38% na classe D (11% em 1998).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.