Angola Cables assina acordo para fornecer capacidade nos EUA por meio do cabo Monet

Instalação Cabo Submarino Monet Fortaleza Angola Cables Antel Google Algar Telecom
Instalação Cabo Submarino Monet Fortaleza Angola Cables Antel Google Algar Telecom

A operadora de cabos submarinos Angola Cables assinou acordo com a fornecedora FiberLight LLC para ampliar a conexão do cabo Monet (por sua vez, uma parceria com o Google, Algar Telecom e a uruguaia Antel) em infraestrutura terrestre nos Estados Unidos. O ponto inicial será em Miami, Flórida, e se expandirá para outras regiões, aproveitando a rede ótica com mais de 26 mil pontos de acessos naquele país, onde a fornecedora presta serviços de Ethernet, IP e transporte de dados.

Conforme explica a Angola Cables em comunicado nesta terça-feira, 13, a conexão com a FiberLight permitirá à operadora angolana entregar soluções para além do ponto de terminação no Data Center MI3 Equinix em Boca Ratón ao data center MI1 em Miami, um dos principais pontos de troca de tráfico entre EUA e Brasil.

O cabo Monet tem rota de mais de 10 mil quilômetros e capacidade de comunicação de pelo menos 60 Tbps, em seis pares de fibra. A construção – financiada pelas quatro empresas que formam o consórcio – ficou a cargo da TE Subcom (divisão de cabos submarinos da Tyco Electronics). O sistema já está em operação e recentemente inaugurou um ramal que interconecta o Uruguai ao Brasil, unindo a cidade de Maldonado a Praia Grande (SP).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.