Conflito com o governo volta a desvalorizar Embratel

As ações da Embratel continuam em queda: perderam 8,3% de seu valor em apenas quatro pregões em novembro. De junho para cá, a desvalorização já chega a 34,8%, enquanto as perdas do Ibovespa, no período, são de 10,5%. A causa da queda atual se deve, em particular, ao parecer desfavorável – endossado pelo presidente FHC – ao recurso administrativo da empresa, que pede a suspensão da cobrança de R$ 1 bilhão de Imposto de Renda. O imposto cobrado, vale lembrar, refere-se a ligações originadas no exterior e terminadas no Brasil. Este ônus, segundo a MCI, não estava apresentado no data room de privatização da Embratel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.