Governo canadense utilizará big data para gerenciar espectro

Espectro eletromagnético, radiofrequência, frequência

O governo do Canadá utilizará big data para monitorar o uso de espectro e assim detectar blocos que possam ser realocados e reutilizados para serviços móveis. Segundo anunciou o ministro da Inovação, Ciências e Desenvolvimento Econômico canadense, Navdeep Bains, nesta segunda-feira, 8, o laboratório de pesquisas do Big Data Analytics Centre analisará as frequências "que possam ser colocadas para trabalhar em garantir que as redes sem fio às quais os canadenses dependem possam ser acessíveis independente da carga de tráfego". A ideia é usar também recursos de cloud computing, informação colaborativa (crowdsourced), cruzamento de dados e visualização "estado da arte" com sistemas cognitivos. A pesquisa é parte do programa do Centro de Pesquisas em Comunicações de Ottawa em parceria com o regulador canadense, o Sicence and Economic Development Canada (ISED).

"Precisamos saber em tempo real onde estão as ondas de rádio não utilizadas que podem ser trabalhadas", declara Bains no comunicado. Para o ministro, o big data permitirá obter conhecimento para predizer onde a capacidade estará sobrando a qualquer momento. "A pesquisa do Big Data Analytics Centre tem o potencial não apenas de transformar o setor de telecomunicações, mas todos os setores da academia", completa. O governo canadense também enxerga potenciais aplicações em outros setores além das telecomunicações, incluindo carros conectados e outros sistemas ligados à Internet das Coisas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.