Sony aposta em NFC e 4G a preços mais acessíveis para ganhar share no Brasil

O segundo trimestre deste ano está sendo positivo para a Sony Mobile no Brasil. A empresa é apontada por fontes de mercado como uma das que mais vem ganhando participação nas vendas de smartphones, graças à redução de preços e da oferta de um portfólio enxuto, mas atraente. "O Brasil é um dos focos da empresa. Vivemos um momento de virada, com um portfólio mais competitivo", comenta o gerente de produtos da Sony Mobile no Brasil, Joe Takata.

A evolução dos preços dos produtos da empresa ajuda a explicar o desempenho. Um ano atrás, seu modelo mais barato custava R$ 899. Agora, custa R$ 499: trata-se do Xperia E Dual, smartphone Android com dual SIMcard, processador de 1 GHz, memória de 4 GB, tela de 3,5 polegadas e câmera de 3,2 MP. Outro exemplo importante é o recém-lançado Xperia L, smartphone com NFC e câmera de 13 MP vendido por R$ 899. Um ano atrás o modelo com NFC mais barato da Sony custava R$ 1.299. Por fim, Takata cita a chegada do Xperia SP, um smartphone 4G por R$ 1.299, um dos mais baratos com essa tecnologia disponíveis no Brasil no momento.

O portfólio da Sony no País é composto atualmente por cinco modelos: Xperia ZQ, Xperia SP, Xperia L, Xperia J e Xperia E Dual (lista em ordem decrescente de preço). Dos cinco, apenas o ZQ não está enquadrado na Lei do Bem, pois custa acima de R$ 1,5 mil. Os produtos são fabricados no Brasil pela Foxconn.

Tamanho da tela

A respeito da tendência de aumento do tamanho da tela dos smartphones, Takata entende como algo natural, diante do uso cada vez mais comum de dados, no lugar de voz. "É uma questão de costume. Quando chegaram os primeiros modelos de 4 polegadas muita gente achava grande. E agora não acha mais", comentou. A Sony apresentou no exterior recentemente o Xperia Z Ultra, com tela de 6,4 polegadas. O produto será lançado no Brasil, mas ainda não há data definida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.