Encontro com a CCISE

 

A Comissão de Coordenação e Implantação de Sistemas Espaciais (CCISE), responsável pelo gerenciamento do Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE), Programa criando para atender às necessidades estratégicas das Forças Armadas e da sociedade brasileira, por meio de a implantação de longo prazo dos projetos de Sistemas Espaciais de Defesa que gerem produtos de uso dual (militar e civil), estará presente no Congresso Latino-americano de Satélites com alguns de seus representantes para tratar sobre o referido tema.

Os interessados poderão enviar propostas de palestras sobre temas específicos (listados abaixo), as quais serão apresentadas à CCISE durante o Congresso Latino-americano de Satélites, a ser realizado no Rio de Janeiro, dias  25 e 26 de setembro de 2019.

As palestras servirão de subsídio à Comissão em seus processos de planejamento, sendo conduzidas de forma individualizada e reservada, limitadas às propostas selecionadas neste processo conduzido pela organização do evento.

O envio das propostas de palestras deverá acontecer até o dia 21 de junho de 2019, quando então serão selecionadas pela organização do Congresso Latino-americano de Satélites, com apoio da CCISE, as palestras que irão compor o “Encontro com a CCISE”.

As apresentações serão realizadas em horário pré-agendado, nos dias 25 ou 26 de setembro, com a duração de 45 minutos (15 minutos para a palestra e mais 30 minutos para dúvidas e esclarecimentos), em uma sala reservada, paralelamente à realização do Congresso Latinoamericano de Satélites.

O público geral do evento não terá acesso a estas apresentações.

Temas de interesse da CCSIE para possíveis apresentações:

As propostas de palestras deverão versar sobre os temas abaixo. Sugestões fora dos temas podem ser enviadas mas não terão prioridade no processo de escolha. As palestras devem ser programadas para uma duração máxima de 15 minutos. Os temas são:

Sobre o Centro Espacial de ALCÂNTARA:

1) Perspectiva e visão empresarial para o Centro Espacial de Alcântara;

 

Sobre o projeto ATTICORA:

1) Sistemas de Comunicações em baixa órbita, banda estreita e banda larga, para uso militar;

2) Sistemas terrestres portáteis que utilizam Sistemas de Comunicações em Baixa Órbita;

3) Potencial da indústria nacional no desenvolvimento/aquisição de Sistemas de Comunicações em Baixa Órbita;

4) Capacidade de absorção de tecnologias relacionadas a Sistemas de Comunicações em Baixa Órbita pela indústria nacional;

5) Comparação da relação Custo/Benefício relacionada a Sistemas de Comunicações em Baixa Órbita na banda Ka e UHF, podendo ser incluídas outras bandas;

6) Sistemas de Comunicações em Baixa Órbita como solução para comunicações móveis em ambiente de selva;

7) Sistemas de Comunicações em Baixa Órbita e aplicações militares e civis de monitoramento em áreas isoladas, tais como fronteiras, selva, entre outras.

Sobre o projeto LESSONIA:

1) Arquiteturas capazes de contornar a contradição teórica da equação radar que impossibilita associar alta resolução espacial com uma larga faixa de imageamento;

2) Emprego de Arranjo de Feixe Digitais (Digital Beamforming) associados a antenas Refletoras Offset.

3) Técnicas que permitam a detecção de mudanças de cena em escala fina, após algumas passagens orbitais de um satélite SAR;

4) Técnicas que possibilitem a detecção de mudanças de cena abaixo do dossel, possibilitando a identificação de trilhas e outras alterações próximas ao solo;

5) Arquitetura mistas, incluindo o LESSONIA em constelações já em operação;

6) Carga útil (incluindo antena) capazes de serem associadas a Plataforma Multi-Missão (PMM), do INPE;

7) Carga útil (incluindo antena) implementando Polarimetria Compacta, especialmente em modo híbrido, ao invés da Polarimetria Completa (ou Full Pol);

8) Modelos de negócio para intercâmbio de imagens entre outras constelações, uma vez lançada a Missão LESSONIA;

9) Modelos de negócio voltados a transferência de tecnologia em benefício da missão LESSONIA;

10) Possíveis plataformas e produtos para a missão LESSONIA-1.

Envio das propostas

  As propostas deverão ser encaminhadas até o dia 21 de junho para o email satelites@glasberg.com.br contendo no campo “Assunto” o seguinte texto “Proposta de palestra para CCISE – NOME DA SUA EMPRESA”

A proposta deverá conter um título definido, um resumo do conteúdo em até 10 linhas, nome e perfil do apresentador, incluindo cargo, função e dados biográficos relevantes. Caso haja mais de um apresentador, o tempo será dividido e é necessário informar os mesmos dados (nome, cargo e função)

A proposta também deve conter email, telefone e função da pessoa de contato para comunicação posterior.

Análise das propostas

As propostas de apresentações serão analisadas pela organização do Congresso Latino-americano de Satélites, com apoio da CCISE, até o dia 21 de junho, a partir de quando os selecionados serão contactados por email ou telefone e informado dos horários e demais condições. As apresentações poderão ser agendadas para qualquer horário entre 9:00 e 17:00, do dia 25 ou 26 de setembro, no Rio de Janeiro, conforme conveniência da organização e da CCISE.

Condições de participação

Qualquer empresa e/ou consultoria poderá apresentar propostas. Mas para o agendamento da apresentação é necessário que o palestrante esteja devidamente credenciado no evento. Mais informações sobre credenciamento estão disponíveis em www.satelitesbrasil.com.br

Cronograma

O cronograma para o processo seletivo é o que se segue:

  • 21 de Junho de 2019 – Prazo final para envio das propostas
  • 21 de Julho de 2019 – Seleção das propostas e início dos agendamentos
  • 31 de Agosto de 2019 – Término do prazo para agendamento e inscrição de selecionados e abertura da segunda chamada para vagas restantes

 

As datas poderão ser alteradas pela organização do evento. Os participantes serão avisados.