OUTROS DESTAQUES
Telefonia no cabo
Para diretor da Horizon, VoIP deve ser diferencial, não foco
terça-feira, 29 de junho de 2004 , 18h19 | POR EDIANEZ PARENTE

Luiz Fernando Bourdot fez nesta terça-feira, 29, uma apresentação no VoIP Day, workshop organizado pela ABTA com a Nortel, Alcatel e Motorola voltado aos profissionais de tecnologia das operadoras de TV por assinatura. O diretor de tecnologia da Horizon e também da ABTA destacou o crescimento deste setor no mercado norte-americano e também a grande importância de as operadoras brasileiras trabalharem este serviço como um diferencial à telefonia convencional: "É uma oportunidade que está colocada para cada um dar também sua mordida no mercado de telefonia, além de ser também uma forma de fidelização dos assinantes". Mas ele alertou sobre a lição dada com o caso das espelhos: "Como a experiência das espelhos falhou, vemos que não há sentido em se basear totalmente nos serviços das empresas telefônicas; temos sim de se dinstingüir do serviço convencional." Segundo ele, os operadores de TV a cabo podem oferecer o serviço de voz com a qualidade e a conveniência de transporte de outros serviços, como o de vídeo e dados, completando o chamado "trilpe play" e com os consumidores ficando muito mais à vontade ao ter uma conta única e previsível. "A tecnologia IP é o caminho para as operadoras se colocarem como competidoras de verdade no mercado de telefonia", arrematou.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top