OUTROS DESTAQUES
Infra-estrutura
Entidades fazem sugestões para regulamentar PLC
sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2004 , 18h46 | POR REDAÇÃO

A FITec (Fundação para Inovações Tecnológicas) e a Aptel (Associação de Empresas Proprietárias de Infra-Estrutura e de Sistemas Privados de Telecomunicações) entregaram à Anatel nesta sexta, dia 13, um relatório com sugestões para regulamentação, normalização e certificação para a prestação de serviços de telecomunicações via rede elétrica com o uso da tecnologia PLC (Powerline Communication).
O documento foi elaborado por um grupo de estudos do CBC-7 (Comissão Brasileira de Comunicação, criada pela agência para estudos ligados a entidades internacionais de telecomunicações), sob a coordenação da FITec e Aptel, com a participação de concessionárias de energia elétrica, institutos de pesquisa e fornecedores de equipamentos.
De acordo com Aderbal Aderbal Borges, diretor de desenvolvimento de negócios da FITec, o relatório inclui orientação a certificação de equipamentos de PLC, assim como normas para a inclusão da tecnologia em resoluções conjuntas da Anatel, Aneel e ANP que tratam do compartilhamento de infra-estruturas das áreas de telecomunicações, eletricidade e petróleo. Aponta ainda normas de adequação a requisitos de compatibilidade eletromagnética e desempenho e qualidade dos diferentes serviços baseados na tecnologia.
A FITec e a APTEL criaram ainda um fórum nacional de discussões sobre o PLC, com o objetivo de analisar e discutir assuntos tecnológicos, incentivar o desenvolvimento de mercado, avaliar e contribuir com segurança no uso da infra-estrutura do sistema elétrico e, finalmente, desenvolver soluções que acelerem o processo da inclusão social/digital com o utilização desta tecnologia.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top