OUTROS DESTAQUES
GOVERNANÇA DA INTERNET
Representantes da sociedade civil criticam pressão das teles para mudar o CGI.br
quarta-feira, 20 de julho de 2016 , 14h40

O coletivo de entidades representantes da sociedade civil Coalizão Direitos na Rede lançou nesta quarta-feira, 20, um manifesto contra as tentativas de mudanças na composição do conselho do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). A Coalizão critica o plano, atribuído a operadoras de telecomunicações, chamando de "retrocesso" e com "prejuízos irreparáveis para a continuidade do desenvolvimento da Internet aberta e de forma democrática".

O manifesto afirma que o governo do presidente interino Michel Temer, ao qual considera de "baixa legitimidade", estaria "sendo pressionado pelas grandes operadoras de telecomunicações e representantes da indústria da propriedade intelectual a reduzir o número de participantes do Comitê e mudar a distribuição dos setores representados, favorecendo as grandes empresas". As entidades dizem também que há prejuízo para o modelo democrático da gestão da Internet, e que favorecer as teles seria "dar mais importância a quem tem mais dinheiro e poder econômico".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top