OUTROS DESTAQUES
Finanças
Conselho da Algar aprova abertura de capital
segunda-feira, 16 de outubro de 2017 , 17h52

O conselho de administração da Algar Telecom aprovou em reunião nesta segunda-feira, 16, a realização de oferta pública de ações (OPA, ou IPO, na sigla em inglês). A OPA, que já estava nos planos da empresa pelo menos desde setembro, será realizada em duas partes: uma oferta pública de distribuição primária de ações a serem emitidas por meio de um aumento de capital da companhia; e em uma oferta pública de distribuição secundária a serem alienadas por acionistas e que será realizada em mercado de balcão não organizado. Também haverá "esforço para colocação das ações no exterior" nos Estados Unidos, exclusivamente para investidores institucionais qualificados, e em outros países com base no regulamento da norte-americana Securities and Exchange Commission (SEC).

O preço por ação será fixado após o procedimento de bookbuilding, com a coleta de intenções de investimento realizado com investidores institucionais. Esse procedimento será realizado no Brasil e no exterior, e terá como parâmetro as indicações de interesse em função da qualidade e quantidade de demanda (por volume e preço). A quantidade total de ações inicialmente ofertadas poderá ser acrescida em até 15% do total de forma opcional.

Com a OPA, também haverá mudanças no conselho, que passará a contar com nova política de indicação, e na diretoria, que terá de quatro a dez membros com mandatos renováveis de três anos.

Além disso, a companhia convocou assembleia para o próximo 1º de novembro para apresentar proposta de conversão de ações preferenciais de Classe B em ordinárias, conforme as regras do Novo Mercado da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão. A proporção será de um para um e a operação resultará no cancelamento de todos os papéis dessa classe, bem como no direito de recesso para acionistas que não quiserem ou não se manifestarem em até dez dias corridos após a realização da assembleia.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top