OUTROS DESTAQUES
STFC
Telefonia fixa aumenta em julho impulsionada pelas autorizadas
terça-feira, 05 de setembro de 2017 , 14h55

Contra a tendência recente, a telefonia fixa encerrou o mês de julho com 41,271 milhões de linhas, um aumento de 0,17% no mês devido ao aumento das autorizadas. Porém, no comparativo anual, ainda há uma queda de 3,11% na base do serviço, de acordo com dados divulgados pela Anatel nesta terça-feira, 5.

As autorizadas cresceram 1,01% neste mês, e totalizaram 17,080 milhões de acessos. No comparativo anual, porém, houve queda de 1,46%. No recorte por grupo, a TIM (incluindo mercado corporativo) mostrou o maior avanço mensal: 30,29%, ou 164,1 mil adições líquidas, ficando com um total de 705,8 mil linhas em julho. No comparativo anual, o crescimento foi de 15,86%.

A América Móvil (Claro, Embratel e Net), a líder do segmento, ficou estável e fechou o mês com 10,827 milhões de linhas, mas no comparativo com julho de 2016 houve queda de 4,16%. A Telefônica/Vivo também manteve a base no mês e encerrou o período com 4,770 milhões de acessos. Porém, em 12 meses, mostrou um crescimento de 0,50%.

As concessionárias reduziram a base em 0,42% no mês, ficando com 24,191 milhões de linhas. Em 12 meses, a queda foi mais acentuada: 4,25%, ou mais de um milhão de acessos a menos. As principais concessionárias, Oi (com 13,755 milhões de acessos) e Telefônica (com 9,506 milhões de telefones), apresentaram queda no mês: 0,42% e 0,46%, respectivamente. No acumulado do ano, a queda foi de 5,14% e 3,59% para as empresas. Vale notar que a Algar cresceu tanto no mês (0,28%) quanto no comparativo anual (3%), fechando julho com 752,1 mil acessos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top