Portugal e Telefónica ganhariam antecipando internação de recursos

A proposta da Telefónica Internacional e da Portugal Telecom de antecipar a internação dos recursos para o pagamento das duas parcelas da concessão da Telesp e Telesp Celular, que vencem em 1999 e 2000, foi criticada por setores do mercado financeiro. "Na verdade, o que eles querem é um deságio de 8% na entrada e, depois, deixar o dinheiro rendendo com os juros brasileiros por dois anos", disse o diretor de um banco norte-americano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.