Deputado defende a votação da Reforma Tributária até julho

Conselho decidirá se mantém a taxa atual de 10% ou se aumenta o ICMS da TV paga para 25%

O relator da reforma tributária no Congresso Nacional, deputado federal Luiz Carlos Hauly, (PSDB/PR) afirmou nesta terça-feira, 22, que é o momento de os parlamentares votarem a proposta. O parlamentar, que participou da sessão temática "A Reforma Tributária e o Brasil Digital", no Painel Telebrasil 2018, reforçou que é necessário que as lideranças partidárias se movimentem para que o projeto seja votado até o mês de julho.

"Não podemos deixar para 2019. O Brasil não vai suportar esperar mais", disse o deputado. Hauly defendeu uma mobilização nacional das entidades setoriais para reforçar o tema no Congresso Nacional. "O sistema tributário que temos matou as empresas. Trata-se de um amontado de coisas que o transformaram num manicômio tributário", enfatizou o parlamentar.

Para o deputado, o governo federal não se preocupa com a reforma tributária, uma vez que tem necessidades mais urgentes de incremento arrecadação para pagar as contas. O relator fez a defesa de uma legislação única federal, sem a possibilidade de estados e municípios intervirem. "A nota fiscal eletrônica seria o meio de arrecadação nacional."

A reforma tributária é essencial para o setor de Telecomunicações, que hoje sofre uma excessiva tributação, no consolidado nacional em torno de 47,4%. Mas há estados, como Rondônia, onde os impostos chegam a 70%, o que inviabiliza economicamente o surgimento de novos serviços. (Com informações da Agência Telebrasil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.