Operadora já assinou contratos de compartilhamento e interconexão com a TIM

A prevenção em relação à TIM não impediu por outro lado que a Telesp Celular fizesse acordos de interconexão e compartilhamento de sites com a empresa. De acordo com o vice-presidente de operações da tele, Gilson Rondinelli, a operadora italiana, que mantém sua rede GSM em funcionamento experimental em São Paulo, assinou com a Telesp Celular um contrato de interconexão a uma tarifa de uso da rede móvel (TUM) superior aos R$ 0,2702 fixados pela Anatel. Ele não revelou o valor. Também com a TIM, a Telesp Celular assinou contrato de compartilhamento de sites. Segundo Rondinelli, a empresa só não acomodou em suas torres antenas da futura concorrente por ela já ter boa parte de seus sites instalados antes do acordo, pela Ericsson, e de ter feito acordo semelhante com a BCP (banda B na Grande São Paulo). Em futuras expansões previstas da rede, para o recém-construído Rodoanel de São Paulo e o previsto prolongamento da Rodovia dos Bandeirantes, Rondinelli diz que não apenas a TIM como a BCP e Tess deverão ocupar os mesmos sites.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.