Publicidade
Início Análises Fundador da TELETIME lança livro sobre história e sobrevivência ao nazismo

Fundador da TELETIME lança livro sobre história e sobrevivência ao nazismo

Rubens Glasberg, fundados da TELETIME e autor de "Os Indesejáveis"

Rubens Glasberg, criador e fundador das publicações TELETIME e TELA VIVA, é reconhecido pelo seu pioneirismo no mundo de publicações especializadas em tecnologia e por sua relevante carreira no jornalismo político, econômico e internacional dos anos 60, 70 e 80. Agora, o jornalista estreia no universo da literatura histórica com seu livro “Os Indesejados”, lançado este mês e que traz a história dos pais e avós do autor e de tantos outros refugiados judeus que escaparam do nazismo durante a Segunda Guerra.

“Os Indesejados” é um livro com três camadas. A primeira é o relato pessoal de Elisa Klinger, nome de solteira da mãe de Rubens Glasberg, que deixou parte de suas memórias por escrito, e das próprias memórias do autor, que reconta os episódios que escutava desde a infância. Elisa Klinger era austríaca, e sua fuga para o Brasil, ao lado de seus pais, traz episódios inacreditáveis e tocantes, que incluíram uma heróica atitude de insubordinação ao Estado Novo por parte do embaixador do Brasil na França durante a Guerra, Luís Martins de Souza Dantas, e a ajuda de pessoas comuns e personagens improváveis. Em outra parte da Europa, Hans Glasberg, pai de Rubens, deixou a Alemanha ao ver o nazismo ganhar força, e foi para a Itália onde viu crescer e se modificar o fascismo, até também se ver obrigado a fugir da Europa, com a ajuda do Vaticano. Elisa e Hans se conheceram no navio Santarém, que saiu de Portugal rumo ao Brasil.

A outra camada do livro é a jornalística: Rubens Glasberg investiga a própria história, checa fatos e remonta as narrativas deixadas por seus antepassados. Como um bom jornalista, Glasberg não se importa em expor os fatos como eles são, mesmo quando eles confrontam as ideias pré-concebidas e equívocos de sua própria memória familiar. Essa camada é o que dá legitimidade à obra e a torna ainda mais contundente.

Notícias relacionadas

Por fim, Rubens Glasberg adiciona uma terceira camada, a histórica, em que resgata a história e contextualiza todos os fatos vividos por seus familiares e que são narrados em “Os Indesejados”. Esta camada traz um significado muito mais amplo às passagens pessoais do livro, as inserindo na perspectiva daquilo que acontecia na Europa e no Brasil. É o que torna o livro extremamente atual, mesmo tratando de memórias e relatos de quase um século.

O livro foi editado pela Editora Terceiro Nome e distribuído pela Martins Fontes. “Os Indesejados” já está disponível nas livrarias e em breve entrará nas principais plataformas de livros digitais.

2 COMENTÁRIOS

  1. Excelente. Rubens é uma pessoal admirável. O livro, com certeza, também deve ser ótimo. Vou comprar e ler. Parabéns ao Rubens por seu pioneirismo, idealismo e dedicação.

  2. Parabéns ao Rubens, meu ex-sócio por um breve período. Moro no Interior atualmente, mas espero ler o livro e dar um abraço ao Rubens pessoalmente muito em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile