Alteração facilitará negociações entre teles e MMDS

Se a Anatel aceitar o pleito dos operadores de TV paga (e isso só será feito após consulta pública), o cenário dos serviços wireless mudará radicalmente. De um lado, operadores de MMDS poderão ter um importante "upgrade" nas suas freqüências, o que facilitará para eles iniciativas em direção a novos mercados ou negociações com as teles e empresas de serviços limitados, e até com futuros operadores de 3G. Por outro lado, a faixa de 2,5 GHz deixa de ser exclusiva e ganha, portanto, maior valor de mercado. Trata-se de uma porção extremamente nobre do espectro, cobiçada por fornecedores e operadores de serviços móveis. A Anatel pode, então, cobrar de volta (para licitar a outros serviços) as freqüências atribuídas para operadores de MMDS que não estejam em operação efetiva ou cumprindo com suas obrigações. Ao que tudo indica, os operadores de MMDS preferem arriscar e buscarão a flexibilização do uso da faixa dos 2,5 GHz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.