NEC prevê queda de receita de 30% este ano

Depois de registrar em 2001 no Brasil crescimento do faturamento na faixa de 10% a 15%, em relação a 2000, para cerca de R$ 900 milhões, a NEC não tem perspectivas muito boas para este ano. A receita da empresa poderá cair 30% devido à redução nas encomendas de centrais de comutação TDM. No primeiro semestre de 2001 as vendas atingiram 450 mil linhas de centrais de comutação por mês. Hoje, as vendas caíram um dígito, situando-se em 50 mil/mês, revela o diretor de novos negócios da NEC, Herberto Macoto Yamamuro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.