OUTROS DESTAQUES
Teles ajudam a derrubar índice Bovespa em 3,9%; Embratel tem a maior queda
terça-feira, 29 de Janeiro de 2002 , 20h14 | POR REDAÇÃO

As teles voltaram a causar estragos na Bolsa de Valores de São Paulo nesta terça-feira, 29. Os papéis do setor totalizaram no pregão um índice negativo de 5%, reforçando ainda mais a tendência de queda provocada pelo desempenho também negativo das bolsas dos Estados Unidos durante o dia. O Ibovespa fechou em – 3,9%. As ações da Embratel apresentaram as maiores quedas, de 10,9% nas preferenciais e 9,8% nas ordinárias. As principais causas foram informações no mercado financeiro de que sua controladora MCI Worldcom enfrenta sérias dificuldades financeiras, sob risco de rebaixamento em ratings internacionais de investimento. O recém-anunciado pedido de concordata da Global Crossing também pesou nos maus resultados, no exterior e no Brasil.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top