OUTROS DESTAQUES
Decisão do Cade repercute mal na bolsa
quarta-feira, 22 de Maio de 2002 , 22h29 | POR REDAÇÃO

Não teve sustentação o otimismo do mercado de ações em relação à Embratel, nesta quarta-feira, 22. Otimismo que levou o seu principal papel a uma alta superior a 6% durante boa parte do pregão da Bovespa, mas que terminou em uma baixa de quase 5% no final dos trabalhos. A companhia sofreu, como o resto do mercado, com o banho de água fria do Banco Central, que manteve os juros básicos em 18,5% e derrubou o Ibovespa em 2,62%. Mas tomou uma "surra" extra com a má notícia de que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) não acatou seu pedido de medida preventiva contra a concorrência de Telefônica, Telemar e Brasil Telecom.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top