OUTROS DESTAQUES
Como fica o regulamento de medição dos indicadores
sexta-feira, 21 de janeiro de 2000 , 18h27 | POR REDAÇÃO

Na avaliação do conselheiro Valente e do presidente da agência, Renato Guerreiro, a não publicação do regulamento que estabelece os critérios de medição dos indicadores (que ainda está sendo preparado pela Anatel) não vai prejudicar a abertura de procedimentos sancionatórios. A explicação dos conselheiros é que o regulamento não traz modificações substancias dos critérios. Para a avaliação dos indicadores do protocolo de compromissos que foi elaborados pelas próprias empresas, já existiam, e foram utilizadas, as "práticas Telebrás". Explica-se: no tempo do monopólio, estas práticas serviam como regulamentos dos serviços. Na verdade, a Anatel está utilizando o mesmo critério usado na certificação dos produtos de comunicações, ou seja, enquanto não há regulamento, vale o que estava estabelecido para a Telebrás. "É possível que algumas operadoras entrem com recursos, mas acho que isso não vai prejudicar o trabalho da agência", avaliou Guerreiro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top