OUTROS DESTAQUES
TV digital
Gired se reúne dia 20 para fazer balanço da digitalização
sexta-feira, 15 de Janeiro de 2016 , 16h32

O Gired (grupo de implementação de digitalização da TV) se reúne pela primeira vez em 2016 na próxima quarta-feira, dia 20, com o objetivo de fazer uma avaliação de todo o processo e encaminhar sugestões para a elaboração ao novo cronograma de desligamento da TV analógica. De acordo com o presidente do grupo, Rodrigo Zerbone, é preciso redimensionar as datas para o desligamento do sinal analógico em Brasília, que será o grande piloto para os grandes centros.

A data inicial do switch-off da capital federal e de cidades do entorno, nos estados de Goiás e Minas Gerais, era dia 3 de abril. Porém, as dificuldades para atingir a meta de 93% dos domicílios aptos para receberem as transmissões digitais terrestres, observadas no projeto-piloto de Rio Verde (GO), fizeram com que o Ministério das Comunicações adiasse a medida. A nova data possível será no mês de outubro, afirma Zerbone.

Além das complicações que poderiam surgir por causa das transmissões dos Jogos Olímpicos, a preocupação do governo e do Gired é com a atual crise econômica, que dificulta a adaptação à nova tecnologia pelos usuários do serviço. "É melhor adiar para quando a economia do País já deve dar sinais de recuperação", argumenta. Além do mais, considera importante que haja mais tempo para o planejamento da ação.

As outras grandes cidades previstas para terem o sinal digital desligado também em 2016, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Goiânia, deverão ficar para 2017. O argumento é de que há eleições municipais este ano, crise e s Olimpíadas.

Vídeo

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) informa que promoveu um vídeo para ajudar na campanha de informação dos telespectadores sobre o desligamento da TV analógica. A divulgação depende do interesse das emissoras, que podem baixar o vídeo diretamente do site da entidade, no formato mp4.

A animação, com 15 segundos de duração, mostra uma família reunida em uma sala, assistindo a programação de uma TV cheia de chuviscos e chiados. De repente, a TV desliga e todos ficam tristes, até que é ligado um conversor no aparelho e a imagem volta mais nítida e com um áudio melhor. "O vídeo alerta para a necessidade de as famílias estarem preparadas para a nova TV aberta e continuarem assistindo a programação", ressalta a entidade.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top