OUTROS DESTAQUES
Migração, fusões e convergência
segunda-feira, 30 de outubro de 2000 , 19h57 | POR REDAÇÃO

Kaiser acredita ser difícil que as empresas de celular deixem de migrar para o SMP, mas em relação às fusões, o presidente da Telemig Celular e Amazônia Celular considera que elas somente se darão por razões estratégicas e que cada empresa deve fazer a avaliação do que seria melhor. Kaiser acredita que a proposta da Anatel leva em conta a convergência dos serviços de telecomunicações, e que a agência elaborou um modelo que privilegia as empresas fixas: "Não estou criticando, mas apenas constatando. A agência deve ter razões para isso", diz Kaiser, lembrando ainda que no mundo todo as empresas que têm os dois tipos de serviço estão se dividindo em duas empresas cada uma cuidando de um tipo de serviço. "Parece que o movimento no Brasil é contrário a este", conclui.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top