Sem interesse na longa distância

Para Márcio Kaiser, não deve haver interesse das operadoras de celular pelo segmento da longa distância, especialmente pelos altos custos de promoções de marketing e publicidade para competir com as fixas já devidamente estabelecidas: "Nosso negócio é a mobilidade, e não a distância", justifica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.