OUTROS DESTAQUES
Volta dos recursos externos deve demorar
quarta-feira, 17 de junho de 1998 , 21h55 | POR REDAÇÃO

Na avaliação de analistas de algumas das mais fortes empresas de asset management do mercado, as bolsas brasileiras não voltarão a receber, tão cedo, recursos dos investidores externos. Do ponto de vista externo, isso se deve, principalmente, às incertezas da crise asiática e à queda da rentabilidade das empresas norte-americanas – os capitais estão migrando mais fortemente para o mercado europeu. Do ponto de vista interno, o enfraquecimento do presidente Fernando Henrique Cardoso nas pesquisas eleitorais continua atuando negativamente. A Bovespa não terá, portanto, força para abrigar um novo processo de alta. A recomendação dos analistas consultados por TELETIME News é de manter aplicações em papéis de alta liquidez (Telebrás, Telesp, Eletrobrás e Vale do Rio Doce).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top