OUTROS DESTAQUES
Com a saída da Sprint e France Telecom, a Intelig fica sem operadora?
segunda-feira, 17 de janeiro de 2000 , 19h45 | POR REDAÇÃO

De acordo com Renato Guerreiro, a saída das duas operadoras da Intelig não elimina a presença de operadoras na empresa, condição necessária para o cumprimento do contrato. Segundo Guerreiro, a National Grid participa de algumas operadoras de serviços móveis na Europa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top