OUTROS DESTAQUES
Telefônica também defende tarifação de 30 segundos
sexta-feira, 14 de janeiro de 2000 , 18h05 | POR REDAÇÃO

A Telefônica, por sua vez, que chama de "set up cost" o custo cobrado pelos primeiros 30 segundos (independente de ter sido esse o tempo de ligação), alega que esta prática é mundial no serviço móvel celular. Em síntese, Global Telecom, Telefônica e todas as outras operadoras não querem baixar o tempo de tarifação mínima porque alegam que precisam da diferença entre o custo falado e não-falado para pagarem o custo da infra-estrutura permanente. O problema é que, do ponto de vista do usuário, não há nenhum serviço sendo prestado quando não há ligação. Se a operadora precisa cobrar para manter o acesso ao assinante mesmo quando não há uso, isso é do interesse dela.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top