OUTROS DESTAQUES
Empresa não quer sobras das bandas D e E e nega rumores de venda
quarta-feira, 06 de Fevereiro de 2002 , 21h54 | POR REDAÇÃO

A Embratel não tem nenhum interesse nas sobras das bandas D e E. "Preferimos uma licença nacional, como já deixamos bem claro", afirmou Rodriguez. Quanto aos boatos de que a Worldcom venderia a Embratel, o executivo disse que a holding não está pensando nisso. Também foi negado o rumor de que a Embratel estaria planejando um fechamento de capital. "Isso eu ainda não tinha ouvido falar", brincou Rodriguez.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top