Receita da TIM com SVAs supera R$ 1 bi no trimestre

Um dos números que mais chama a atenção no balanço da TIM do segundo trimestre é a receita com serviços de valor adicionado (SVAs), que alcançou a marca de R$ 1,03 bilhão, o que representa um crescimento de 40% em comparação com o mesmo período do ano passado. Nesse segmento estão computados não apenas o tráfego de dados, mas também downloads de sons e imagens, mensagens de texto, mensagens multimídia etc. Agora, SVAs respondem por 18,7% da receita bruta da TIM com serviços móveis. Um ano atrás, o faturamento dessa área havia sido de R$ 730 milhões, o que equivaleu a 14,6% do total.

Notícias relacionadas
Merece destaque o crescimento de 53% na base de usuários únicos de dados por mês da TIM, entre junho de 2011 e maio de 2012, passando de 12,39 milhões para 18,91 milhões. Nesses números estão incluídos não apenas os assinantes pós-pagos com pacotes de dados, mas também aqueles usuários pré-pagos do plano Infinity, que pagam R$ 0,50 por dia de uso ilimitado. Foi justamente essa base que alavancou o crescimento. De acordo com a operadora, a quantidade média de usuários pré-pagos únicos que acessam sua rede de dados por dia foi de 3,6 milhões durante o segundo trimestre deste ano, volume 125% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando era 1,6 milhão.

A participação de smartphones e de webphones na base de aparelhos da TIM, que era de 15,4% em junho do ano passado, agora é de 35,2%. Entre os novos aparelhos vendidos no segundo trimestre, essas duas categorias responderam por 79% do total. A TIM classifica como "webphone" celulares capazes de acessar a Internet, mesmo que não tenham um sistema operacional aberto para instalação de aplicativos, como o Android. No mercado, muitos desses terminais são chamados de "feature phones".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.