Huawei registra crescimento de lucro e receita em 2014

A Huawei apresentou nesta terça-feira, 31, seu balanço financeiro referente ao ano passado no qual mostrou crescimento, sobretudo no mercado doméstico, a China. No acumulado anual, a receita foi de US$ 46,5 bilhões em 2014, um aumento de 20,6% em comparação com o ano anterior. Já o lucro líquido do grupo fechou o período em US$ 4,5 bilhões, crescimento anual de 32,7%.

Notícias relacionadas
O mercado que mais gera receita continua sendo a China (37,8% do total), e que também foi onde houve maior crescimento anual, com 31,5%. Nas Américas, a Huawei afirma ter conseguido crescer "robustamente" com infraestrutura nos países latino-americanos, embora tenha enfrentado desaceleração na América do Norte. A região inteira representa 10,7% do total das receitas, mas foi onde houve menor crescimento: 5,1%.

A divisão para negócios com operadoras aumentou seu faturamento em 16,4%, totalizando US$ 31 bilhões. Já a área corporativa aumentou 27,3%, total de US$ 3 bilhões. O negócio para o consumidor final foi o que mais aumentou: 32,6%, fechando 2014 com US$ 12 bilhões "graças ao crescimento na demanda do consumidor por smartphones e um aumento particularmente forte em mercados emergentes".

A área de handsets da companhia planeja para 2015 investir em mercados além da China, procurando consolidar a posição no segmento de smartphones mid-range e high-end. O objetivo é abastecer o mercado com 100 milhões de aparelhos no ano.

A Huawei afirma ter investido 14,2% da receita em pesquisa e desenvolvimento, ou um montante de US$ 6,6 bilhões, crescimento de 29,4% em relação a 2013. Nos últimos dez anos, a companhia investiu US$ 30,7 bilhões em P&D.

Novo CEO

A fabricante chinesa anunciou ainda o seu novo CEO, cargo que tem cadeira rotativa para cada período de seis meses. A partir de 1º de abril até setembro deste ano, assume na função o executivo Eric Xu (Xu Zhijun, em seu nome original). Ele ocupava até então o posto de chairman delegado do board da companhia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.