Astrium é contratada pela Agência Espacial Europeia para desenvolver o Ariane 6 e Ariane 5 ME

A Agência Espacial Europeia (ESA) concedeu à Astrium o contrato de empreiteira principal, no valor de 108 milhões de euros, para o desenvolvimento dos lançadores Ariane 6 e Ariane 5 ME (Midlife Evolution). Os contratos seguem as decisões tomadas na reunião do Conselho Ministerial da ESA, em Nápoles, nos dias 20 e 21 de novembro de 2012.

Notícias relacionadas

Nestes contratos, a Astrium vai lançar os primeiros estudos de definição e de viabilidade do futuro lançador europeu Ariane 6. Esperada para acontecer em seis meses, a fase de estudo tem o objetivo de identificar o conceito e a arquitetura selecionados para o Ariane 6 e permitirá definir as principais especificações do novo lançador antes de seu desenvolvimento industrial.

Um esboço de projeto Ariane 6 já foi estabelecido: será um foguete modular com uma capacidade de carga de 3 a 6,5 toneladas métricas em órbita geoestacionária.

Em conjunto com seus parceiros industriais, a Astrium também vai continuar o desenvolvimento do Ariane 5 ME. Esta versão modernizada do Ariane 5 vai aumentar a capacidade de lançamento em 20% em comparação com o lançador existente e pelo mesmo preço, o que significa uma redução de custos de 20% por quilo em relação ao lançador atual. A previsão é que o Ariane 5 ME faça seu voo inaugural em 2017 ou 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.