Ferramenta do NIC.br testa segurança de serviços de conexão de empresas

Foto: Pixabay

Ferramenta desenvolvida pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) permite às empresas de Internet saberem se um site, serviços de e-mail e de conexão oferecidos ou contratados adotam as melhores práticas de segurança. O TOP (Teste Os Padrões), é online e gratuito, e analisa se esses serviços estão aderentes aos parâmetros técnicos internacionais mais modernos, que aumentam a confiabilidade e permitem o crescimento da rede. Após as verificações, a ferramenta fornece um diagnóstico detalhado, além de orientações sobre quais medidas podem ser tomadas caso a empresa precise melhorar os serviços que oferece.

"Ao fazer os testes, o profissional consegue detectar rapidamente o que precisa ser ajustado e aprimorar o serviço. A ideia é que o TOP – que foi adaptado de uma iniciativa da holandesa Internet Standards Platform – também seja utilizado, em um segundo momento, pelos usuários em geral", comenta Gilberto Zorello, coordenador de Projetos do NIC.br e um dos responsáveis pela implantação da ferramenta.

No teste de sites, é possível identificar se eles são acessíveis via endereço IPv6, se os nomes dos domínios são assinados, se a conexão é confiável e se as opções de segurança de aplicação estão configuradas. O mesmo ocorre com a opção que testa serviços de emails, que também mostra se há proteção contra phishing. Já para os serviços de conexão, a ferramenta avalia se a operadora ou o provedor de Internet, por exemplo, já aderiu ao IPv6 e usa DNSSEC, que assegura o conteúdo do DNS, prevenindo ataques como roubo de informações de terceiros ou alteração de dados em compras eletrônicas, por exemplo.

Notícias relacionadas

Nas três possibilidades de testes, o diagnóstico é apresentado com recomendações sobre o que deve ser feito para melhorar os serviços oferecidos. A ferramenta disponibiliza, ainda, um link permanente do resultado, além de uma pontuação, que pode chegar até 100%. Quanto maior a classificação recebida com o teste, maior é a aderência das empresas aos padrões técnicos da Internet.

Ranking

A ferramenta ainda mostra "quem é TOP", ou seja, aqueles que alcançaram 100% nos testes para site, serviços de email ou em ambos. "Os que obtém essa pontuação nos testes entram na relação de campeões, disponível em https://top.nic.br/halloffame/. Vale ressaltar que a ferramenta, em nenhum momento, divulga outras notas e informações dos usuários", informa Zorello.

O TOP oferece, aos que obtiverem a nota máxima, um selo atestando a marca alcançada. No caso de provedores de hospedagem, é necessário ter CNPJ ativo, e nome de domínio próprio com pontuação de 100% nos testes para site e email – o mesmo se aplica aos domínios oferecidos para os clientes. Se atender a todos os requisitos, o provedor pode reivindicar o selo de hospedagem, que vai diferenciá-lo no mercado desse tipo de serviço.

"A adoção de melhores práticas é também uma máxima de outros projetos do NIC.br, como o IPv6.br, o portal BCP, o Programa Por Uma Internet mais Segura, os cursos BCOP e aprimoramento dos Grupos de Segurança e Resposta a Incidentes (CSIRTs). O TOP é mais uma iniciativa do NIC.br que vem para somar, visando que a rede se desenvolva de forma saudável e que, cada vez mais, tenhamos uma cultura de segurança na Internet no Brasil", ressalta Demi Getschko, diretor-presidente do NIC.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.