Base mundial de IoT em redes móveis aumentará quatro vezes até 2024

(Matéria originalmente publicada por Mobile Time) A base mundial de objetos conectados a redes móveis para Internet das Coisas vai aumentar quatro vezes entre 2018 e 2024, passando de 1 bilhão para 4,1 bilhões, prevê a Ericsson na nova edição do seu Ericsson Mobility Report. Trata-se de um crescimento médio anual de 27% no referido período.

O crescimento será puxado pelo lançamento de redes com os padrões Cat-M1 e NB-IoT pelas operadoras celulares ao redor do mundo. O primeiro alcança velocidades de até 1 Mbps no downlink e uplink, enquanto a segunda é para aplicações que demandem menor velocidade, pois alcança 250 Kbps no downlink e 227 Kbps no uplink. Também surgirão aparelhos de IoT conectados à rede 5G, que consumirão muito mais banda, mas representarão uma base menor de conexões.

O Nordeste Asiático seguirá sendo a principal região em número de objetos conectados a redes de IoT, respondendo por mais da metade mundial, como já acontece hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.