Após adiamento, TIM inicia piloto de 5G DSS para banda larga fixa

Leonardo Capdeville, CTIO da TIM. Foto: Henrique Medeiros/Mobile Time

Nesta sexta-feira, 30, a TIM confirmou o início do piloto de 5G com compartilhamento dinâmico de espectro (DSS) que havia sido prometido para setembro. A operadora começou os testes nas cidades de Bento Gonçalves (RS), Três Lagoas (MS) e Itajubá (MG), e poderá expandir para outras cidades. Cerca de 300 clientes já estão utilizando a tecnologia por meio de acesso móvel-fixo (FWA). 

Segundo a TIM, as faixas de 4G que estão sendo compartilhadas com o 5G são de 700 MHz em Bento Gonçalves, de 2,6 GHz em Itajubá e de 1,8 GHz em Três Lagoas.

O CTIO da TIM, Leonardo Capdeville, mencionou brevemente em painel da Futurecom nesta sexta-feira que o piloto nas três cidades estava sendo iniciado, e disse que a empresa estava distribuindo equipamentos em sistema de comodato. Os aparelhos poderão funcionar com as futuras frequências dedicadas ao 5G, bastando atualização via software.

Em comunicado, a operadora diz que, após o leilão de 5G no ano que vem, poderá disponibilizar a expansão dos serviços de banda larga fixa para regiões onde não atuava, "otimizando custos de implantação". Vale destacar, contudo, que a fibra continua sendo necessária pelo menos até as antenas, no backhaul. 

5G DSS

O 5G DSS é uma tecnologia que compartilha frequências com o 4G. A TIM não informou até o momento quais faixas estão sendo empregadas no 5G. Em julho, quando anunciou o piloto nas três cidades, a companhia havia dito que Ericsson, Huawei e Nokia seriam fornecedoras. 

No início de outubro, contudo, o presidente da própria TIM, Pietro Labriola, disse que o 5G DSS seria coisa "de marketing". Na ocasião, ele afirmou: "O 5G de verdade, [será] depois do leilão. O 5G do marketing, muito cedo. Eu prefiro o 5G de verdade".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.