Operadoras correm, mas não devem entrar em novembro cumprindo 100% da cota

Apesar do esforço concentrado que vem sendo feito por operadoras de TV por assinatura e programadoras para atualizar os line-ups, as grades não devem estar ainda 100% de acordo com a Lei do Serviço de Acesso Condicionado (SeAC), a 12.485/11, até o final desta semana, prazo dado pela Ancine para a adequação.

Segundo o executivo de uma grande operadora, há toda a boa vontade em se cumprir as cotas de empacotamento, mas praticamente nenhuma operadora conseguirá atender à lei completamente no prazo (até 2 de novembro, sexta-feira).

As dificuldades, aponta, passam pela conclusão das negociações dos contratos e pelo processo de lançamento de novos canais. "Nunca tivemos um movimento assim, de ter que negociar e lançar vários canais novos com uma data-limite". E conclui: "estamos fazendo o melhor possível, não há negação ou intenção de não cumprir (a lei). Mas na data definida conseguiremos estar apenas 70% ou 80% de acordo com as cotas".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.