Exército brasileiro fará mapas da Amazônia com Bgan

O Exército brasileiro iniciou este ano um projeto denominado "radiografia da Amazônia", que consiste na produção de mais de 20 mil cartas topográficas da região amazônica ao longo dos próximos sete anos. Existem várias áreas na Amazônia onde não há mapas na escala de 1/100 mil. A geração desses mapas é um dos principais objetivos do projeto, que é coordenado pelo Cigex (Centro de Imagens Geográficas do Exército), subordinado à Diretoria de Servilo Geográfico (DSG). Para a transmissão de dados, o Cigex utilizará o serviço Bgan (Broadband Global Area Network), da Inmarsat. A vencedora da licitação para o fornecimento da solução foi a Arycom, uma das representantes autorizadas da Inmarsat no País. O Bgan transmite dados via satélite a velocidades de até 492 Kbps. Para garantir a recarga da bateria dos equipamentos, a Arycom fornecerá também painéis de energia solar. O valor do contrato não foi divulgado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.