Confira as campeãs globais do 5G em 2022, segundo a Opensignal

Foto: Christoph Scholz

Com quase três anos e meio dos primeiros lançamentos comerciais e chegando "ao fim do começo" de sua implantação ao redor do mundo, o 5G teve operadoras da Coreia do Sul, Suécia, Estados Unidos e Eslovênia como destaques globais de qualidade do serviço no primeiro semestre de 2022.

A avaliação é da empresa de aferição Opensignal, que comparou a performance mundial da rede de quinta geração em seis diferentes aspectos. O mais famoso deles – a velocidade de download – teve a sul-coreana SK telecom como melhor colocada, com 496,6 Mbps médios oferecidos no 5G.

Além da SK, outras duas empresas conseguiram resultados acima da marca dos 400 Mbps no período de avaliação (de janeiro a junho): a também sul-coreana LG U+ (com 429,6 Mbps) e a búlgara Vivacom (422,2 Mbps). Globalmente, a média de velocidade de download do 5G no primeiro semestre foi de 184,2 Mbps, apontou a Opensignal.

Notícias relacionadas

Outro aspecto avaliado foi a velocidade de upload, que teve a sueca Telia como destaque – com 50,9 Mbps aferidos. Mesmo com a importância crescente do indicador na experiência de usuários, a Opensignal notou a distância ainda grande diante dos downloads. Até na campeã do upload 5G a velocidade foi superada 5,8 vezes pela de download.

De forma geral, a média de velocidade de upload das operadoras 5G foi de 24,6 Mbps. Outros destaques do recorte foram a norte-americana T-Mobile (com 43,3 Mbps) e a operação norueguesa da Telia (43,2 Mbps).

Cobertura

A T-Mobile também foi destacada por liderar dois indicadores abordados pela Opensignal: alcance geográfico e disponibilidade do 5G (medida pelo tempo que os assinantes conseguem acessar a rede). Neste último caso, a operadora dos Estados Unidos superou em três vezes a média global ao alcançar uma disponibilidade de 40,4% no serviço.

Vale notar que quatro em cada dez operadoras ainda têm o indicador abaixo dos 10%, refletindo as fases iniciais de implementação do 5G. Já em termos de alcance, 7,8 a cada dez locais visitados por assinantes da T-Mobile tinham a cobertura do serviço, garantindo a ponta no recorte. A média global de alcance foi de 3,7 localidades diferetes cobertas a cada dez.

Outras duas categorias medidas pela Opensignal tiveram mais de uma empresa compartilhando a primeira colocação. Na melhor experiência 5G para games, a SK telecom dividiu a ponta com a rival sul-coreana KT. Já na melhor experiência de vídeo, a eslovena Telemach e as suecas Telia e Tele2 foram os destaques. Parâmetros como latência, jitter, perda de pacotes e resolução de imagens foram considerados.

Brasil

Mesmo iniciando a implementação do 5G na faixa de 3,5 GHz a partir de julho (ou após o término do levantamento da Opensignal), as operadoras brasileiras também receberam algum destaque na avaliação global do serviço.

No caso da TIM, o reconhecimento veio pela performance do 5G da empresa na comparação com o 4G. A operadora esteve entre as trinta que mais evoluíram de uma geração para outra em três aspectos: velocidade de upload, experiência de games e experiência de vídeo.

A Vivo também ficou entre os destaques globais para consumo games na comparação da rede 5G com a 4G. Já a Claro esteve entre as vinte empresas que mais aprimoraram a rede 5G na comparação de 2022 com 2021 – tanto na velocidade de upload quanto na experiência de games.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!