A 60 dias do switch-off, Gired adia decisão sobre reforço da campanha de desligamento

Começou nesta quarta-feira, 30, a contagem regressiva de 60 dias para o encerramento das transmissões analógicas da TV aberta (switch-off) em Rio Verde, município de Goiás que inaugura o calendário de desligamento das transmissões analógicas, no dia 29 de novembro. Na reunião do Gired (Grupo de implantação da digitalização da TV) realizada hoje, entretanto, não foi aprovada a proposta de reforço da campanha de comunicação aos telespectadores na cidade, inclusive com medidas que serão adotas após o switch-off.

Pela proposta apresentada pela EAD (Entidade Administradora da Digitalização), a campanha deverá ser reforçada 30 dias antes do desligamento e, entre outras providências, previa a inserção de cartela informativa, com as mesmas informações da tarja veiculada atualmente, ocupando no mínimo 60% da tela, por pelo menos um minuto, com frequência mínima de três inserções por hora no período das 7h às 23h. Nos 15 dias anteriores ao switch-off, a cartela informativa (lettering) seria veiculada no mínimo cinco vezes por hora no período das 7h às 23h por pelo menos dois minutos em cada inserção.

Notícias relacionadas

Para depois do desligamento, a previsão é de que as emissoras passem, obrigatoriamente, a transmitir no canal analógico exclusivamente cartela informativa, ocupando toda a tela, comunicando o encerramento da transmissão analógica na localidade de Rio Verde; o canal no qual a programação da entidade está disponível com qualidade digital; e o endereço do site na Internet e o código da Central de Atendimento Telefônico gratuita da EAD. Os radiodifusores pediram mais tempo para analisar a proposta, alegando custos maiores com energia, que não estavam previstos.

Já qualquer decisão sobre adiamento do switch-off em Rio Verde, dependerá dos números sobre alcance da transmissão no município, que deverão ser apresentados na próxima semana. A EAD está refazendo a pesquisa anterior, em função dos resultados inconsistentes. No novo levantamento, serão usadas fotos para mostrar se o domicílio está apto ou não para receber a transmissão digital. Para o switch-off é necessária a comprovação de que pelo menos 93% das casas podem receber o sinal em alta definição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.