Banda larga cresce 41% no Brasil nos últimos 12 meses

O mercado brasileiro de banda larga cresceu 41% em 12 meses, fechando o mês de agosto deste ano com 114,7 milhões de acessos. De acordo com informações da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), isso representa 33,4 milhões de novos acessos ativados no período, dos quais 28,6 milhões somente em 2013. Isso significaria um ritmo de 1,4 nova conexão por segundo no País. Comparando com os resultados referentes a julho, o avanço foi de cerca de 3%.

A banda larga fixa teve crescimento de 13% no período, ou 2,6 milhões de adições líquidas, fechando o mês de agosto com 21,5 milhões de acessos. Segundo a Telebrasil, o acesso de alta velocidade tem penetração de 39% nos domicílios brasileiros, apesar de a infraestrutura estar presente em todos os municípios. Mais de 66 mil instituições públicas de ensino fundamental e médio são atendidas pelo programa Banda Larga nas Escolas.

Já a conexão móvel 3G e 4G totalizou 93,2 milhões de acessos, crescimento de 49,4% em relação a agosto de 2012. A Telebrasil contabiliza 78,2 milhões de conexões de celulares e 15 milhões de terminais de dados, embora a entidade considere na categoria tanto modems 3G quanto acessos máquina-a-máquina (M2M). Segundo dados de julho da Anatel (a agência ainda não liberou as estatísticas da base referente a agosto), o mercado brasileiro de M2M tinha 7,874 milhões de acessos, o que corresponderia a pelo menos metade do total de terminais de dados informado pela entidade. Por sua vez, os acessos LTE em handsets e modems e tablets 4G somaram 380 mil conexões.

A cobertura da rede móvel também aumentou, ainda de acordo com a Telebrasil, com 412 novos municípios nos últimos 12 meses, crescimento de 14%. Ao todo, são 3.461 municípios, ou 90% dos brasileiros. Somente neste ano, 176 cidades receberam redes 3G. Ainda no começo da fase de implantação, o LTE só chega a 57 cidades, embora as metas do edital da Anatel exigissem apenas as seis cidades que foram sedes durante a Copa das Confederações, em abril.

Qualidade

Na avaliação da Telebrasil, as operadoras conseguiram superar as metas de qualidade da banda larga fixa, entregando velocidade média superior à meta de 60% do contratado pelo cliente. Os resultados variaram de 80,53% a 109,21% da velocidade média nos Estados pesquisados (MG, PR, RJ, RN e SP). Segundo a entidade, o desempenho na banda larga móvel "também foi satisfatório" por ter sido, "na maioria dos casos", superior ao exigido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.